Acusado de matar adolescente com 54 facadas vai a júri popular no Tocantins

A Justiça definiu que Sivanildo Mariano de Souza Santos, de 22 anos, vai para júri popular pela morte da jovem Railene da Silva Oliveira, de 16 anos. Ela foi assassinada com com 54 facadas às margens de uma rodovia no município de Bandeirantes, norte do Tocantins, em janeiro deste ano.

A denúncia criminal foi feita pela Promotoria de Justiça de Arapoema. Conforme o MPE, Sivanildo Mariano teria levado a vítima para o local em que o corpo foi encontrado, após a menina contar que tinha encontrado outra pessoa e não pretendia manter o relacionamento com ele.

O acusado chegou a derrubar Railene da Silva com um golpe de capacete e em seguida a esfaqueou com uma arma branca. Após matar a jovem, o acusado teria arrastado o corpo até uma vala às margens da rodovia, para dificultar a localização.

O jovem preso após ser encontrado escondido na zona rural do município de Grajaú, em Maranhão. Na época, ele confessou o crime e foi levado para a cadeia de Arapoema.

Sivanildo Mariano também teria utilizado uma motocicleta com sinais de adulteração. Por isso, além dos crimes de homicídio, qualificado como feminicídio, e ocultação de cadáver, ele também vai responder por receptação.

A decisão de levar o acusado a júri popular saiu no último dia 24 de julho, mas as informações foram divulgadas apenas nesta terça-feira (6) pelo Ministério Público. A data do julgamento ainda não foi definida pela Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *